08
10
17

Sabe, eu não sou o tipo de pessoa que cria teorias para MVs de KPOP. Não tenho talento, nem saco para isso. Eu sou o tipo de pessoa que observa jogo de câmera, fotografia, cores, e detalhes como maquiagens, furo de cenas, etc. Fiquei encarregada de analisar os MVs do WANNA-ONE: Energetic e Burn It Up. Nesta postagem, iremos falar primeiro de ENERGETIC. Você pode ler sobre Burn It Up clicando aqui.

Um MV que eu amei, e outro que eu odiei. Como lidar?

 

Musica ★ ★ ★ ★
Cenario ★ ★ ★ ★
Figurino ★ ★ ★ ☆ ☆
Detalhes ★ ★ ★ ★ ★
Filmagem ★ ★ ★ ★
Coreografia ★ ★ ★ ★ ★

 

Resumo do MV:

Olha, eu to pensando como que eu vou explicar Energetic. O MV é composto somente de cenas de apreciação. Parece que conta uma história, mas eu não consegui desvendar essa história. Desculpa mundo. Mas, tudo me leva a crer que: eles fazem coisas no MV que os deixam energizados.

A letra fala de um indivíduo que está energizado (sabe aquele choque elétrico que você sente quando a pessoa que você gosta toca em você? Tipo isso) e completamente atraído por uma pessoa. Ele pede para essa pessoa fazer com que ele se sinta cada vez melhor com essa sensação, cada vez mais nas nuvens, pede para essa pessoa puxa-lo para perto dela e mantê-lo junto de si durante toda a noite para brincarem, se divertirem e se apaixonarem. ATÉ AI TUDO BEM. Mais uma dessas letras que se fosse cantada em português daria uma ótima canção do estilo “brega”.

Às vezes, BEM ÀS VEZES, alguns passos da coreografia vão de encontro com a letra da música, realmente representando. Alguns detalhes em algumas cenas, também batem com a história da música. Mas só as vezes mesmo. A maior parte do MV são cenas em que os rapazes se exibem para a câmera, tentam te seduzir, ou fazem poses de apreciação. Gosto? ADORO!

Da mesma forma que sou apaixonada por MVs com história, também sou apaixonada por MVs em que os idols estão com maquiagens incríveis, com seus rosto bem exibidos, filmados por uma lente de altíssima qualidade, que é possível ver até o desenho de suas lentes de contato.

Este é Energetic. Um MV feito para você escolher seu bias baseado na beleza dele.

Então, ao invés de uma analise minuciosa do MV. Irei convoca-los a observar comigo, alguns detalhes que talvez tenham passado despercebidos ao assistir o MV.

PARTIU? PARTIU!

 

A variedade de cenas dentro de Energetic é surpreendente. Temos 12 cenários, dentro de uma única instalação.

COMO ASSIM?

YMC alugou um galpão, e usou todos os lugares possíveis dentro e fora desse galpão, prédio, sei lá que diacho é aquilo.

Enquanto eu escrevia este artigo, eu tive um BLOW MY MIND, e compreendi a história do MV. Apaguei tudo, e refiz outra vez.

Antes de explicar o que eu entendi do MV, queria falar sobre algumas coisas que talvez, algumas pessoas não tenham prestado atenção nas cenas do MV.

Temos uma placa de “Crush On You” bem evidente. A noite, esta placa fica acesa nas cenas de danças. E nas cenas onde os meninos jogam baseball, a placa aparece ao fundo. OU SEJA, eles estão jogando baseball na laje do galpão. TOPE.

Outro fato curioso é que Jihoon dá uma tacada na bola, e ela vai direto pro chão. Mas todo mundo finge que não viu, e se comportam como se a bola tivesse ido lá nas alturas. Cômico.

Na cena do piano humano, as vidraças estão todas quebradas. O que será que aconteceu alí hein?

E a roupa dos meninos tem umas fitas coloridas muito estranhas, mas acredito que seja para causar a sensação de “energia”.

No corredor, onde os garotos correm com carrinhos de compras, fora o fato da tinta da parede estar mofada e descascando, as paredes estão cheias de posters. Num desses pôster está escrito “Dai Satō”. Esse cara é um roteirista japonês de animes, que é responsável pelo Cowboy Bebop. Porque ele tá lá? Não sei. Me digam vocês, se puderem.

Na cena que eles dançam a noite, do lado de fora do galpão, o chão está molhado, para refletir as luzes neon.

Em uma das cenas, aparece o I X I = I (nome do álbum). Sendo: Guanlin X Daniel = Minhyun.

Entendi? Não entendi. Então vamos continuar. Mas essa cena é legal, pois, aparece o bendito do carrinho de compras de novo, e reparem que a bunda do Daniel está empinadinha.

A “fofos line” está DENTRO DE UMA BANHEIRA DE DONUTS, SENSUALIZANDO COM DONUTS E TE OFERECENDO DONUTS. EU TO INDIGNADA.

Agora quero comentar sobre a cena mais aleatória do MV. A noite. Um carro. Atrás do carro um matagal. Em cima do matagal umas letras com luzes neon que dizem: “I love you without knowing how. Being in love with you is my nature” / (Tradução: Eu te amo sem saber como. Estar apaixonado por você é minha natureza)

Jisung dentro do carro, Woojin apoiado no capo do carro e Sungwoon no porta malas. Fez sentido? Não fez! WTF???

Quero atenta-los para outra coisa muito esquisita que é Ong e Jisung, lendo a revista MAD, em frente a uma parede TODA QUEBRADA/ESBURACADA. Já não bastava as vidraças destruídas. E tem um cachorro feliz no meio dessa farofa toda.

Tem uma cena, que ela é CRUCIAL para entender o MV. Em que todos os rapazes estão brincando de guerrinha de água, bem felizes, bem fofos. Que dá vontade de entrar lá dentro do MV e guardar eles em potinhos. Certo? Certo. Lembrem-se disso!

A frase “I love you without knowing how. Being in love with you is my nature” Aparece novamente, dentro da pseudo-academia.

Resultado de imagem para energetic mv gif

O MV termina com todos, em sum sofá, rindo felizes, cada um olhando pra uma direção e Guanlin apontando pro céu, onde não tem nada 🙂


Energertic, na minha concepção é um MV que não é para fazer sentido nenhum. São apenas cenas alegres, fofas e sedutoras, para te fazer ficar sedenta e querer guardar os membros pra você! Exatamente o que o indivíduo da música pede para a pessoa que ele se apaixona.

O indivíduo é cada um dos garotos, nós somos a pessoa pela qual estão apaixonados. Eles estão energizados por nós, e demonstram isso em diversas cenas divertidas. Eles pedem para ficarmos ao seu lado e pedem para brincarmos com eles a noite toda.

Energetic faz você querer entrar no MV, e viver tudo aquilo com os meninos.

Ficar com eles por uma noite? MAGINA! QUEREMOS UMA VIDA INTEIRA!

compartilhe este post:
Carol
Postado por
Carol
Caroline ou Dadalto, 94 line. Fotografa, designer e pós-graduanda em marketing. Full pistola o tempo todo. Me chama pra comer miojo de tomate ou comida coreana. Dorameira e kpopper desde 2009. Na esperança do 2NE1 OT4 junto de novo num palco.
Arquivado em: Review