21
11
17

Foi aqui que pediram uma pizza recheada de talento e beleza? Red Velvet finalmente está de volta com o seu conceito Velvet, dessa vez em uma versão bem mais creepy. Acompanhe o nosso Review e saiba o que achamos de Peek-A-Boo! ????

Red Velvet nos presenteia com um conceito que rompe com todos os outros resquícios de conceitos visuais e até mesmo sonoros explorados neste ano. Como Joy disse, era necessário o lançamento de álbuns animados e alegres — característica principal do conceito Red — antes de voltarem para o conceito Velvet, para dar esse contraste que tanto amamos entre Vermelho e Veludo! <3

O MV de Peek-A-Boo chegou para nos mostrar o quão dark o nosso Red Velvet pode ser. O MV nos apresenta um entregador de pizza que adentra em um casarão onde as cinco integrantes vivem. As meninas são detentoras de segredos sombrios e perturbadores, colocando a vida do entregador de pizza em risco. Irene, Seulgi, Wendy, Joy e Yeri manuseiam diversas armas e mostram para todos nós que podem ser mais perigosas (e poderosas) do que imaginávamos. Claramente temos um Veludo Perfeito, haha.

Logo no início, as cinco integrantes aparecem reunidas sob a luz do luar, nos dando a ideia de que o clipe terá um tom bem sombrio. Outra cena rápida surge com o entregador de pizza indo em direção a um orelhão sob a lua cheia. A música começa, e percebemos que as meninas participam de alguma espécie de seita e o pizza guy será sua vítima. Após um frame muito rápido em que elas estão entre pilhas de pizzas, conclui-se que o garoto é apenas um dos milhares, apenas a próxima vítima.

Quando o entregador chega, ele se depara com cinco garotas lindas e fica hipnotizado com a beleza delas, tanto que ele fica encarando Yeri por longos segundos antes de largar a pizza. Deduzimos que elas têm um poder de atração e sedução, e isso é útil para atrair suas potenciais vítimas. Nas cenas diurnas, acompanhamos as garotas treinando com armas no quintal, utilizando machados, bestas e até revólveres.

Irene liga para o pizza guy e ele retorna ao casarão com um sorriso no rosto e simultaneamente ouvimos a risada maléfica presente na música. Dando continuidade a atmosfera assustadora, o rapaz observa Joy de longe em cima de um piano rodeado por velas vermelhas com as quatro amigas andando ao redor. Eis que Joy nota que ele estava observando elas. 

O pizza guy é colocado em cima do piano enquanto elas andam ao redor. Ele tenta fugir e elas começam a brincar de esconde-esconde com ele. E durante a brincadeira, eles até passam em uma sala onde há vários manequins de corpos com roupas de entregadores de pizza. Logo após, vemos todos em uma mesa de jantar vendados com gelatinas em seus pratos. O rapaz come a gelatina de maneira brutal e as meninas desaparecem da cena.

Após isso, elas aparecem caminhando, segurando suas armas em uma mão enquanto tiram suas vendas com a outra. Wendy tira a venda do garoto, e Seulgi aparece do nada segurando a mão dele para tirá-lo da casa. Depois Joy o segura pela mão, e depois Irene e por fim Yeri. O mais estranho é quando muda de membro para membro enquanto estão tirando ele da casa. E isso é feito de maneira tão rápida que me fez acreditar que elas são os fantasmas daquela casa.

Interrompemos a programação para abrir um pequeno parênteses: nas cenas de dança sempre tem uma integrante com uma roupa diferente, e isso também acontece com frequência nas performances nos programas musicais. E para completar: diferentemente das outras integrantes, Wendy é a única loira e a única com vestidinho xadrez no MV. Aberta a temporada de teorias, minha gente!

Voltando para o MV, quando o garoto está chegando em seu carro, Yeri (MARAVILHOOOOOOOOOOSA) com sua besta, atira. Mas ela não atirou para acertar, mas sim para errar. É por isso que elas sempre erravam o alvo em seu treinamento no quintal, pois essa é a tática delas: errar o tiro no garoto, para que ele tenha a falsa esperança de que está a salvo. Porém, tudo não passa de uma tortura psicológica.

Quando ele estava tentando ligar para pedir ajuda, o número que ele discou não existia. E detalhe: ao lado do telefone público podemos ver uma imagem onde aparecem várias fotos de entregadores de pizza desaparecidos. Irene acaba saindo misteriosamente do carro do entregador e bate a porta com força. A tela fica escura e podemos ouvir o som de um telefone fora do gancho (o famoso tuuuu, tuuuu). Até que aparece um manequim com o uniforme vermelho que o garoto estava usando. Ou seja, o Red Velvet fica com o uniforme dos entregadores de pizza depois de matá-los como um prêmio e deixam exposto em uma sala, junto de vários uniformes. Um conceito creepy desses, bicho ????

O MV é tão repleto de easter eggs e figuras simbólicas que abre inúmeras interpretações, e já queremos chuva de teorias por todos os lados. Algumas pessoas dizem que todo esse conceito do MV foi inspirado no jogo de horror “Emily Came To Play”. O que você acha? Deixe nos comentários!

Concordamos que alguns elementos simbólicos presentes no MV fazem referência ao próprio nome do grupo, como a presença marcante da cor vermelha, seja no figurino ou nas paletas de cores, compostas em sua maioria por tons avermelhados e terrosos. Em algumas cenas, sobretudo as noturnas sob o luar, a cor azul se sobressai. O azul e o vermelho são cores primárias, e respectivamente, representam uma cor fria e quente. Há muitas cenas diurnas e noturnas com cortes secos entre elas. A direção de arte colabora para a construção da narrativa e desenvolve uma atmosfera muito dualista, que faz jus ao jogo de contrastes: quente x frio.

Peek-A-Boo traz uma coreografia sexy e cute ao mesmo tempo, misturando o popping animation com passos mais sensuais (olá cinturinha da Joy). As roupas, juntamente com o contexto narrativo do MV, faz a performance ganhar um teor que tende ao conceito dark. E que coreografia, né nom? Você pode conferir a coreografia de Peek-A-Boo, onde elas apresentaram no Music Bank junto com a b-side Look:

A primeira vista, a letra carrega uma certa inocência do primeiro amor. O ato de apaixonar-se é comparada a uma brincadeira de esconde-esconde. Entretanto, o MV e todo o conceito por trás de Perfect Velvet nos mostra a quebra dessa ingenuidade e inocência, algo contraditório para a proposta da letra. “Peek-A-Boo. Isso é novo, é amor? Todos os meus amigos gritam, dizem que eu tenho problema”. Mal sabíamos que Red Velvet criou a arte do conflito e do contraste, gente!

Red Velvet mescla o cute (primeira impressão deixada pela letra + alguns passos da coreografia que remetem ao cute concept), o horror (sangue + alusão a seitas e elementos sobrenaturais) e o sexy (vestimentas ousadas e passos sensuais) de maneira sublime. Aliás, o dark é um conceito que nunca tinha sido explorado desde seu debut em 2014.

Um comeback maravilhoso desses precisava ter uma review completa aqui na K4US não é mesmo? Aguarde um pouquinho, que iremos ter uma review do álbum Perfect Velvet! Não se esqueçam de comer uma pizza ouvindo Peek-A-Boo <3

Beijinhos, e até a próxima!

Texto: Guigo e Laila

compartilhe este post:
Guigo
Postado por
Guigo
Oi, eu sou o Guigo! Tenho 20 anos e gosto muito de desenhar. Meu sonho é um dia conseguir produzir uma webcomic com minhas histórias e compartilhar meu trabalho com as pessoas. Também sou a própria Dory: vivo esquecendo as coisas. Conheci o K-Pop em 2015 com o grupo 2NE1 e mergulhei de cabeça nesse mundo sem pensar duas vezes. Atualmente sou ReVeluv e Yeri biased roxo de carteirinha, divulgando sempre os hinos maravilhosos do Red Velvet!
Arquivado em: Review