04
09
19

Parasita (기생충 – Gisaengchung) é um filme sul coreano lançado dia 30 de maio de 2019, dirigido por Bong Joon-Ho, grande diretor, produtor e roteirista que tem em sua bagagem, clássicos como O Hospedeiro e Memórias de um Assassino e até filmes mais conhecidos e recentes como Okja.

 

Diferente de k-dramas, as produções cinematográficas da Coreia surpreendem e fogem bastante do clichê e, nesse filme não foi diferente. Com uma pitada de comédia e bastante drama, Parasita conseguiu me prender do início ao fim.

Assim como a grande parte dos filmes do diretor, Parasita faz uma crítica, contando a história de Kim Ki-Taek (interpretado por Song Kang-Ho), sua esposa e seus dois filhos,  os quais vivem em um porão apertado e insalubre. 

A vida da família muda quando seu filho, Ki-Woo, interpretado por Choi Woo-Shik (Rooftop Prince e Fight My Way), consegue um emprego como professor particular da filha mais velha dos Park, casal bastante rico, que mora em uma casa enorme.

 

Com a oportunidade e vários papos furados, Ki-Woo dá um jeito de fazer sua irmã ser contratada como professora do caçula dos Park, seu pai como motorista e sua mãe como governanta.

O diretor tem esse dom de transformar histórias “comuns” em algo que realmente prende a atenção de quem está assistindo, pela curiosidade de saber o que vai acontecer na próxima cena. Com os “parasitas” na casa dos ricaços, um plot twist faz o segredo da família desmoronar, e eles precisam dar um jeito de não serem descobertos.

Além dessa tensão, a crítica também foi uma das coisas que me fez gostar do filme, mostrando a desigualdade social retratada entre as duas famílias: uma vivendo na miséria e a outra esbanjando riqueza.

 

tumblr_pwg1tmu4Ex1x0uneyo2_500.gif (500×213)

 

Parasita, além de ser vencedor do Festival de Cannes, conta com a atuação de atores renomados como Song Kang-Ho (O Motorista de Táxi – leia o review aqui), Park So-Dam (Cinderella and Four Knights) e também a participação especial de, nada mais, nada menos que Park Seo-Joon (Hwarang e She Was Pretty).

Acho interessante os filmes mais recentes estarem contratando atores que também costumam fazer dramas coreanos, atraindo outros tipos de público. Não é um filme tão pesado e massante de assistir, então se você quer conhecer mais sobre a cultura cinematográfica coreana, Parasita pode ser uma boa opção para sua lista! 🙂

Deixe nos comentários recomendações dos seus filmes coreanos favoritos e, se você já assistiu esse em específico, nos conte o que achou!


Texto por Hope @ Equipe de redação da K4US
Não remover sem os créditos
www.k4us.com.br

compartilhe este post:
Hope
Postado por
Hope
Futura pedagoga que ama a cultura japonesa e como consequência, acabou mergulhando no mundo do k-pop e dos doramas. Agora, sofre por bias e fanfics. Sempre vai dizer que é tímida, mas acaba virando a extra do rolê. Para ela, café e pão de queijo deveriam ser o novo arroz com feijão e fazer carinho em cachorros deveria curar doenças. É preguiçosa, mas quando é pra ir, "BORA!"
Arquivado em: Review