07
04
18

Quando minha filha me apresentou ao mundo dos doramas, fiquei completamente apaixonada. Assisto muitos desde então, e mesmo os que eu não gosto, acabo vendo até o final…. é realmente um vício. Desde que fui convidada para escrever um review, venho travando uma batalha pessoal sobre qual drama escrever. Pensei em escrever sobre vários, e até cheguei a desistir, mas essa semana, quando terminei de assistir “Just Between Lovers” (ou Rain or Shine), dirigido por Kim Jin Won (The Package e Wonderful Days), decidi, na hora, escrever sobre ele, pois realmente mexeu com meus sentimentos de uma  forma bem profunda.

A história começa com o desabamento de um shopping, causando uma grande tragédia e consequentemente, matando várias pessoas. Dez anos depois, três jovens que foram vítimas do acidente acabam se encontrando casualmente e se envolvem em um projeto de reestruturação na área do desabamento. Os três são sobreviventes que também perderam pessoas queridas e vivem, cada um da sua forma, tentando superar seus traumas, culpas e frustrações, muitas vezes, ultrapassando o limite do aceitável para a vida.

Além de toda a questão do acidente, temos também o romance muito fofo (sempre) que envolve os dois personagens principais: Lee Joonho (Junho do 2pm) – LINDO – atuando perfeitamente no papel de Lee Gang Doo, que é o contrário do esteriótipo daquele cara perfeito que costumamos ver nos doramas. Um cara pobre, com jeitão de “bad-boy”, bronco, cheio de traumas e problemas, o que o torna totalmente “real”, e a Won Jina – que também foi perfeita como Ha Moon Soo, uma mulher esforçada e com sérios problemas familiares que tenta superar suas culpas.

Eles vão se identificando com as dores e perdas do passado e, aos poucos, se descobrem apaixonados. Nada é fácil para esses dois, mas eles conseguem, através da dor, encontrar o amor, e eu achei isso sensacional. A química entre o casal foi bem legal, pois prevaleceu o carinho, o companheirismo mútuo e o amor construído.

O dorama tem todo um aspecto de história real, com uma fotografia linda, em locais simples do dia-a-dia de cada um.

 

O diretor teve todo cuidado de fazer uma história interessante, aprofundando também na história de cada personagem, até mesmo os coadjuvantes. Todos tiveram o “seu lugar ao sol”, todos brilharam de alguma forma, o que faz com que a história seja ainda mais interessante.  No entanto, em minha opinião, alguns se destacaram mais, como o ator Kim Ganghyun, que interpretou Sang Man, o amigo inseparável de Gang Doo. Eu já tinha visto alguns trabalhos com o ator, mas esse em especial, me impressionou de uma forma muito positiva.

 

É um melodrama, sim, é uma história triste, mas tão linda e tão cheia de ensinamentos, representatividade e de superação que é impossível não se envolver e se apaixonar. Chorei, me emocionei, fiquei triste e feliz… muitos sentimentos conflitantes, mas que valeram cada minuto. Super recomendo e já virou um dos meus queridinhos ????

Espero que tenham gostado do review, e comentem a opinião de vocês também! Até a próxima! ✨

Junho

 

Texto: Alessandra Borges | Revisão: Hope

compartilhe este post:
K4US
Postado por
K4US
K4US - Korea For Us. Um portal de opinião e entretenimento, alimentado por um time pesado de kpoppers e dorameirxs, dispostxs a falarem abertamente sobre vários aspectos da cultura coreana.
Arquivado em: Dorama, Review